6 medos comuns ao encarar a fotografia como um negócio

Confira 6 medos para deixar para traz ao encarar a fotografia como um negócio.

Se você deseja encarar a fotografia como um negócio, mas enfrenta vários medos e inseguranças, então, faz parte da grande maioria dos fotógrafos – incluindo aqueles profissionais de renome que são admirados por vários profissionais. São pouquíssimos os fotógrafos que entram no mercado confiantes em relação ao seu sucesso.

Conforme você inicia o desenvolvimento das atividades, conquista os primeiros clientes e começa a consolidar o seu nome no mercado, esses medos vão ficando para trás. Sem dar o primeiro passo, você ficará para sempre preso a esses medos e nunca descobrirá a carreira de sucesso que poderia conquistar.

Veremos, neste artigo, 6 medos para deixar para trás ao encarar a fotografia como um negócio. Confira!

1. “Não sou bom o suficiente”

Você já sentiu que não é bom o suficiente na fotografia? Ao se comparar com tantos fotógrafos com anos de carreira e trabalhos incríveis, é comum que surja esse sentimento. O que você precisa ter em mente é: todos os fotógrafos de sucesso começaram do mesmo lugar que você.

Cada ensaio realizado será um novo aprendizado. Conforme você for realizando novos trabalhos, conhecendo outros profissionais, fazendo cursos e aprendendo novas técnicas, a qualidade do seu serviço também vai melhorar. Para isso, porém, é preciso começar a encarar a fotografia como um negócio desde agora.

2. “Ainda não tenho clientes”

Nenhum fotógrafo começa as suas atividades com uma grande clientela de clientes. Isso também é conquistado com o passar do tempo. No início, o ideal é apostar em amigos e familiares para que você consiga montar um portfólio atrativo para novos interessados nas suas fotografias.

Além disso, outra solução para encontrar os seus primeiros clientes é criar parcerias com outros profissionais e empresas. Se você fotografa gestantes, pode fechar uma parceria para um evento voltado para esse público de forma gratuita e chamar a atenção de algumas mães. Que tal?

3. “O mercado já está saturado”

A preocupação sobre a saturação do mercado e as poucas oportunidades que isso acarreta é muito comum em todos os segmentos. Mas, será que esse medo é um impeditivo?

Se você for bom no que faz, conseguirá conquistar o seu lugar no mercado – por mais fotógrafos que já estejam atuando. Uma ótima estratégia para iniciar as atividades com o pé direito é apostar na segmentação. Ao focar em apenas um nicho de mercado, será mais fácil se destacar do que se você tentar atender a todos os públicos.

4. “Fotografia não dá dinheiro”

Quem acha que a fotografia não dá dinheiro está muito enganado. É possível abandonar outras atividades e focar apenas na fotografia como um negócio – construindo toda a sua carreira profissional em torno da atividade.

Para que isso se torne realidade, basta concentrar os seus esforços com dedicação e estudo.

5. “Não tenho os equipamentos necessários”

Muitos fotógrafos ficam apegados aos equipamentos necessários para desenvolver um bom trabalho: câmeras, lentes, rebatedores, flashes, iluminadores, entre outros. Porém, a verdade é que você, dificilmente, precisa de todos os equipamentos que acredita serem necessários.

Mais importante do que reunir os equipamentos perfeitos é começar a desenvolver as suas atividades. Você precisa apenas de uma câmera e de um cartão de memória para realizar o primeiro ensaio, certo? Comece assim e vá comprando os outros equipamentos conforme conquista novos clientes.

6. “Não sei por onde começar” fecha a nossa lista de medos sobre assumir a fotografia como um negócio

Você não sabe por onde começar para encarar a fotografia como um negócio? A resposta é bem simples: comece fotografando. Defina o segmento que você deseja atuar e vá em busca de oportunidades – sem medo de não dar conta das demandas que surgirem.

É assim que você vai ganhar experiência e começar a criar o seu nome no mercado. Crie um portfólio atraente, comece a divulgar o seu trabalho e continue monitorando o surgimento de novas oportunidades. Com dedicação, o sucesso é apenas uma questão de tempo.

Você enfrenta algum desses medos ao encarar a fotografia como um negócio? Qual deles é mais difícil de ser superado? Deixe o seu comentário e até a próxima. 

até a próxima

Silvia

GOSTOU?
Que tal compartilhar?
Share on FacebookPin on PinterestGoogle+
Leia também esses posts

Comentários

comentários